2 de dezembro de 2011

Atividades do Centro Olímpico de São Sebastião

Prezados (as),
O Centro Olímpico de São Sebastião (antiga Vila Olímpica), hoje oferece à comunidade uma série de atividades poliesportivas para a garotada. Por favor, divulgue.
Grato.

Serviço:
Administrador do Centro Olímpico: João José Viana (Pipoca)
Endereço: Quadra 2, Bairro São Bartolomeu Telefone: 3335-2335
Atividades oferecidas: basquete, caminhada e ginástica, capoeira, futebol society, futebol de areia, futsal, ginástica rítmica, hidroginástica, natação, vôlei de areia e vôlei de quadra
Funcionamento: 8h às 18h, de terça a sexta-feira
Maiores informações: http://www.esporte.df.gov.br/

14° Festival da Brinquedoteca Comunitária

Pessoal, é com imenso prazer que convidamos a todos para participar do 14º Festival artístico-cultural das crianças da Brinquedoteca Comunitária de São Sebastião/DF "O espírito do Natal", sábado 10 de dezembro de 2011, a partir das 19h, na Brinquedoteca. Favor, ajudem a divulgar.
Grande abraço e feliz Natal!



A equipe da Brinquedoteca

1 de dezembro de 2011

CEB troca 6500 geladeiras velhas por novas em 11 regiões administrativas

Mais de uma centena de moradores da Chácara Mandala, na quadra 318 do Itapoã, poderão trocar geladeiras velhas - que tenham mais de dez anos de vida útil - por novos refrigeradores neste sábado (3/12). A ação é parte da inauguração de um programa de redução de energia da Companhia Energética de Brasília (CEB) e deve atender outras dez regiões administrativas consideradas carentes pela empresa.

Serão distribuídos 6500 aparelhos de refrigeração de 261 litros já adquiridos pela empresa. O programa Agente da CEB inclui ainda a troca de 300 mil lâmpadas incandescentes por modelos fluorescentes, mais econômicos. Ao todo, o projeto custou à CEB cerca de R$ 9,8 milhões.

Só na região do Itapoã, 106 pessoas foram selecionadas - dentre os 200 moradores cadastrados no local - e receberão a nova geladeira em casa. Serão atendidas também as regiões do Paranoá, Ceilândia, Riacho Fundo II, Recanto das Emas, Santa Maria, Samambaia, Sobradinho, Estrutural, Varjão e São Sebastião. A CEB não soube informar qual será a próxima cidade visitada.

As geladeiras velhas recolhidas devem ser enviadas para uma empresa especializada que fará a reciclagem das peças e dará destinação correta aos resíduos.

Cadastro
Não é necesário procurar a CEB para se cadastrar. A seleção é feita por uma equipe de pessoas da própria comunidade. Coordenado por uma agente social, o grupo visita as casas das áreas mais carentes de cada região e seleciona quais geladeiras devem ser trocadas. As residências selecionadas serão então visitadas por um eletrotécnico da CEB, que fará a verificação da real necessidade da troca. Aprovada, o eletrodoméstico então recebe um selo que deve permanecer intacto até o dia previsto para a distribuição.

De acordo com o engenheiro da área de Gerência de Pesquisa, Desenvolvimento e Eficiência Energética da CEB, Junio Matos, são utilizados como critério a conservação geral do eletrodoméstico e o ano de fabricação do refrigerador, que, pela recomendação de técnicos, não deve ter mais do que dez anos de uso para não consumir energia demais. "Temos que considerar também a vontade da pessoa. Tem muita gente que não quer trocar o aparelho antigo por motivos diversos, principalmente quando a geladeira velha é maior do que a que estamos doando", completa.

Segundo Matos, cerca de 60 mil casas já foram visitadas e aproximadamente cinco mil foram selecionadas para receber uma nova geladeira. O objetivo do projeto é visitar outras 20 mil casas.

Iluminação Pública
Além das lâmpadas e eletrodomésticos, os moradores da Chácara Mandala receberão iluminação pública. A CEB promete legalizar a rede de energia no local e financiar - em até 20 parcelas - o padrão de entrada de energia elétrica que deve ser comprado por cada uma das residências.

Agente da CEB
O projeto de assistência energética desenvolvido pela CEB é parte de um programa da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que destina um recurso para que este tipo de ação seja feita por todas as empresas distribuidoras de energia do país, a fim de reduzir o consumo excessivo de energia elétrica. No DF, a troca de geladeiras velhas por modelos novos foi realizada pela última vez em 2009

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2011/12/01/interna_cidadesdf,281034/ceb-troca-6500-geladeiras-velhas-por-novas-em-11-regioes-administrativas.shtml