2 de dezembro de 2011

Atividades do Centro Olímpico de São Sebastião

Prezados (as),
O Centro Olímpico de São Sebastião (antiga Vila Olímpica), hoje oferece à comunidade uma série de atividades poliesportivas para a garotada. Por favor, divulgue.
Grato.

Serviço:
Administrador do Centro Olímpico: João José Viana (Pipoca)
Endereço: Quadra 2, Bairro São Bartolomeu Telefone: 3335-2335
Atividades oferecidas: basquete, caminhada e ginástica, capoeira, futebol society, futebol de areia, futsal, ginástica rítmica, hidroginástica, natação, vôlei de areia e vôlei de quadra
Funcionamento: 8h às 18h, de terça a sexta-feira
Maiores informações: http://www.esporte.df.gov.br/

14° Festival da Brinquedoteca Comunitária

Pessoal, é com imenso prazer que convidamos a todos para participar do 14º Festival artístico-cultural das crianças da Brinquedoteca Comunitária de São Sebastião/DF "O espírito do Natal", sábado 10 de dezembro de 2011, a partir das 19h, na Brinquedoteca. Favor, ajudem a divulgar.
Grande abraço e feliz Natal!



A equipe da Brinquedoteca

1 de dezembro de 2011

CEB troca 6500 geladeiras velhas por novas em 11 regiões administrativas

Mais de uma centena de moradores da Chácara Mandala, na quadra 318 do Itapoã, poderão trocar geladeiras velhas - que tenham mais de dez anos de vida útil - por novos refrigeradores neste sábado (3/12). A ação é parte da inauguração de um programa de redução de energia da Companhia Energética de Brasília (CEB) e deve atender outras dez regiões administrativas consideradas carentes pela empresa.

Serão distribuídos 6500 aparelhos de refrigeração de 261 litros já adquiridos pela empresa. O programa Agente da CEB inclui ainda a troca de 300 mil lâmpadas incandescentes por modelos fluorescentes, mais econômicos. Ao todo, o projeto custou à CEB cerca de R$ 9,8 milhões.

Só na região do Itapoã, 106 pessoas foram selecionadas - dentre os 200 moradores cadastrados no local - e receberão a nova geladeira em casa. Serão atendidas também as regiões do Paranoá, Ceilândia, Riacho Fundo II, Recanto das Emas, Santa Maria, Samambaia, Sobradinho, Estrutural, Varjão e São Sebastião. A CEB não soube informar qual será a próxima cidade visitada.

As geladeiras velhas recolhidas devem ser enviadas para uma empresa especializada que fará a reciclagem das peças e dará destinação correta aos resíduos.

Cadastro
Não é necesário procurar a CEB para se cadastrar. A seleção é feita por uma equipe de pessoas da própria comunidade. Coordenado por uma agente social, o grupo visita as casas das áreas mais carentes de cada região e seleciona quais geladeiras devem ser trocadas. As residências selecionadas serão então visitadas por um eletrotécnico da CEB, que fará a verificação da real necessidade da troca. Aprovada, o eletrodoméstico então recebe um selo que deve permanecer intacto até o dia previsto para a distribuição.

De acordo com o engenheiro da área de Gerência de Pesquisa, Desenvolvimento e Eficiência Energética da CEB, Junio Matos, são utilizados como critério a conservação geral do eletrodoméstico e o ano de fabricação do refrigerador, que, pela recomendação de técnicos, não deve ter mais do que dez anos de uso para não consumir energia demais. "Temos que considerar também a vontade da pessoa. Tem muita gente que não quer trocar o aparelho antigo por motivos diversos, principalmente quando a geladeira velha é maior do que a que estamos doando", completa.

Segundo Matos, cerca de 60 mil casas já foram visitadas e aproximadamente cinco mil foram selecionadas para receber uma nova geladeira. O objetivo do projeto é visitar outras 20 mil casas.

Iluminação Pública
Além das lâmpadas e eletrodomésticos, os moradores da Chácara Mandala receberão iluminação pública. A CEB promete legalizar a rede de energia no local e financiar - em até 20 parcelas - o padrão de entrada de energia elétrica que deve ser comprado por cada uma das residências.

Agente da CEB
O projeto de assistência energética desenvolvido pela CEB é parte de um programa da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que destina um recurso para que este tipo de ação seja feita por todas as empresas distribuidoras de energia do país, a fim de reduzir o consumo excessivo de energia elétrica. No DF, a troca de geladeiras velhas por modelos novos foi realizada pela última vez em 2009

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2011/12/01/interna_cidadesdf,281034/ceb-troca-6500-geladeiras-velhas-por-novas-em-11-regioes-administrativas.shtml

20 de outubro de 2011

V Conferência Distrital de Educação Paulo Freire



A V Conferência Distrital de Educação, que começa nesta quinta-feira (20) e termina no sábado (22), na EAPE (907 Sul), terá em sua abertura palestras com o professor doutor Miguel Arroyo (UFMG) e com a Diretora de Gestão do Conhecimento do Instituto Paulo Freire, professora doutora Ângela Antunes. A solenidade de abertura está marcada para as 19h e este ano o evento leva o nome do educador Paulo Freire, que completaria 90 anos de nascimento.


Durante a Conferência vários temas serão debatidos, como o Plano Nacional de Educação de 2011/2020 (PNE), a Gestão Democrática, o Plano Distrital de Educação e o Currículo, dentre outros. Esses debates nortearão os trabalhos do Sinpro ao longo das discussões pedagógicas e do PDE, tendo em vista que o Distrito Federal discutirá no ano que vem a próxima década da educação para a população. Cada escola deve se mobilizar para garantir que pelo menos um/a professor/a, orientador/a participe do evento. As professoras e professores que vão participar terão o dia abonado pelo afast. Haverá creche disponível para crianças de 6 meses a sete anos na própria EAPE. Participe!

As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas pelo site do Sindicato (clique aqui).

Dia 20/10/2011 (quinta-feira)

14h às 19h – Credenciamento
19h – Solenidade de Abertura (CORO SINPRÔNICO)
Mesa: SEEDF/SAE/SINPRO/CNTE
20h – Palestra: “A atualidade do pensamento freiriana”
Palestrante: Prof. Dra. Ângela Antunes, Diretora de Gestão do Conhecimento do Instituto Paulo Freire
Palestra: Plano Nacional de Educação – PNE


Palestrante: Prof. Dr. Miguel Arroyo – UFMG

21h30 – Coquetel de Confraternização
Dia 21/10/2011 (sexta-feira)

8h – Café da Manhã
9h – Palestra: Gestão DemocráticaPalestrante: Profº. Dr. Luiz Dourado – (Doutor em Educação e Professor Titular da UFG)
Palestra: Financiamento
Palestrante: Milton Canuto – Vice-presidente da CNTE
Palestra: Currículo
Palestrante: Profº. Dr. Miguel Arroyo – UFMG
11h – Intervalo
11h20 – Debate

12h – Almoço
13h30 – Apresentação cultural: Teatro – O Hierofante“O auto da camisinha”
14h – Grupos de Trabalhos – GT`s
16h – Intervalo16h30 – Apresentação e Socialização dos Grupos – (Discussão e elaboração de propostas)
18h – Encerramento do dia
Dia 22/10/2011 (sabádo)


8h30 – Palestra: AvaliaçãoPalestrante: Profº. Dr. Luiz Carlos de Freitas – UNICAMP

Palestra: FormaçãoPalestrante: Profª. Dra. Helena de Freitas – UNICAMP
10h – Intervalo
10h20 – Debate12h30 – Almoço
14h – Grupos de Trabalho – GT’s
15h30 – Intervalo
16h – Plenária Final
Realização: Sindicato dos Professores do Distrito Federal (SINPRO – DF)
8h – Café da Manhã

9 de outubro de 2011

FAC contrata nos centros olímpicos do GDF


Está aberto o processo seletivo para contratação de profissionais nos centros olímpicos (antigas vilas) de São Sebastião, Samambaia e Ceilândia – Parque da Vaquejada. As vagas são para professor de educação física, salva-vidas, assistente social, pedagogo e psicólogo. Para se candidatar, basta enviar o currículo para o e-mail centrolimpico2011@gmail.com. Os candidatos deverão ter curso superior completo. A análise curricular e as entrevistas serão conduzidas pela Fundação Assis Chateaubriand (FAC).

Fonte: http://noticias.admite-se.com.br/empregos_correiobraziliense/template_interna_noticias,id_noticias=45751&id_sessoes=302/template_interna_noticias.shtml

7 de outubro de 2011

Conferência da Juventude- Etapa Regional IV

Vamos debater juntos? É hora de conquistar novos direitos e fazer valer os que já são garantidos pela Constituição!

Prezados (as),
 
Neste sábado, 8 de outubro, acontecerá a Pré-Conferência da Juventude no Centro de Ensino Médio São Francisco (Chicão, ), a partir das 09 horas da manhã. Esta será uma etapa preparatória para a 2ª Conferência de Juventude do DF, que será realizada na UnB, nos dias 4 e 5 novembro.
Alguns pontos essenciais nortearão a Pré-Conferência, a saber:
- Desafio do Desenvolvimento Institucional;
- Direito ao Desenvolvimento Integral: Educação, trabalho, cultura, comunicação;
- Direito ao Território: cidade, campo, transporte, meio ambiente e comunidades tradicionais;
- Direito à experimentação e qualidade de vida: saúde, esporte, lazer e tempo livre;
- Direito à diversidade e à vida segura: segurança, valorização e respeito à diversidade e direitos humanos;
- Direito à participação.
 
Serviço: Pré-Conferência da Juventude - Etapa Regional IV
Data: Sábado 08 de outubro
Local: CEM São Francisco (Chicão)
Rua 17 Lote 100, Área Especial Bairro São Francisco, São Sebastião-DF
Horário: 09 horas.
Mobilize, participe! Venha defender a sua proposta para a juventude!


5 de outubro de 2011

Exposição "Sonhando com Paulo Freire"


O lançamento da Semana Universitária da UnB - Paulo Freire 90 anos. Um marco para a reflexão dos rumos da universidade brasileira - se deu ontem (04/10) às 18 horas no Teatro de Arena, Campus Darcy Ribeiro. Do princípio ao fim, Paulo Freire foi homenageado, tanto como pensador e pesquisador emblemático  que foi da educação brasileira, quanto pelo modelo de valoroso homem cidadão do mundo.

A presença de Anita Freire veio abrilhantar ainda mais o evento. Visivelmente emocionada, agradeceu pela série de homenagens dedicadas a Paulo. Durante a sua fala,  ressaltou a importância de as universidades brasileiras aprofundarem seus estudos críticos sobre a vida e a obra freireana, de modo a darem maior visibilidade ao legado do educador pernanbucano.

Mulher simples e serena, humilde e por demais acessível, assim se revelou Anita quando, ao final da abertura, fui dar-lhe um forte abraço e agradecê-la por poder está ali, cara a cara, diante da mulher que resistiu e ainda resiste ao tempo e continua vivificando em palestras, seminários, semanas acadêmicas, aquele que hoje é tido, lido e ouvido, sobretudo consagrado, como o fiel escudeiro da plena libertação do ser humano dos grilhões da ingnorância e da opressão pelas vias diversas do saber.

"Todos os brasileiros têm o direito de saber quem foi e o que fez Paulo Freire por este país, não apenas no que se refere à dimensão educacional. É fundamental desbravar a sua obra do ponto de vista antropológico sociológico e filosófico", destacou Anita.

Ao término da abertura da Semana Universitária, todos foram convidados a particparem do lançameto da exposição multimídia Sonhando com Paulo Freire - a educação que queremos, instalada no Memorial Darcy Ribeiro, o Beijódromo.

A exposição estará aberta, das 8h às 18h, até o dia 23 de outubro. A abertura também contou com a presença de Anita Freire, do Secretário de Cultura do Distrito Federal, Hamilton Pereira e do Reitor da UnB, José Geraldo Júnior.

A exposição tem visitação pública liberada e  traz uma série de painéis, vídeos, livros, músicas, bonecos e esculturas que retratam a trajetória de vida do homem que revolucionou a maneira de pensar a educação. “Ele mudou a pedagogia no mundo ao combater a concepção de que educar é como um processo bancário em que apenas se deposita informação”, explica a cineasta Tânia Quaresma que, juntamente com Bené Fonteles, foi responsável pela curadoria da exposição. “Não há saber maior ou menor. Há saberes diferentes"

 

Confira as fotos da abertura da Semana Universitária e do lançamento da exposição sobre Paulo Freire



















 

Homenagens a Paulo Freire marcam a abertura da Semana Universitária da UnB



Hugo Costa - Da Secretaria de Comunicação da UnB
Paulo Freire não apenas cede seu nome para a Semana Universitária de Brasília, mas também dá sentido a ela. Durante a abertura oficial do evento, que contou com a presença de Anita Freire, viúva de Paulo, o nome do educador pernambucano foi lembrado a todo instante. “Freire é a síntese da semana”, afirmou o reitor José Geraldo de Sousa Junior. “O que fazemos leva em consideração o seu papel para os rumos da educação brasileira”.   
Morto por um infarto em 1997, Paulo Freire teria completado 90 anos em setembro. Companheira dele nos últimos dez anos de vida, Anita não escondeu a satisfação pela homenagem ao homem que é referência internacional na luta para democratizar a educação. “Alegra-me muito esta semana universitária”, afirmou, na noite desta terça-feira, a uma plateia de cerca de 500 pessoas que participavam da abertura no Teatro de Arena. Ela disse ter a esperança de que as atividades na UnB sejam replicadas em outras instituições. “Temos que fazer crescer a reflexão na universidade e relacioná-la com o que o povo quer e pensa”.
O secretário de Cultura do Distrito Federal, Hamilton Pereira, disse que “Paulo Freire era sobretudo um libertador”. Qualidade semelhante foi atribuída à Universidade de Brasília. “A UnB é a universidade da expressão, da liberdade e da insubmissão”. Ele disse que a Semana Universitária é um momento para dar voz à diversidade presente no Distrito Federal e garantiu que o governo vai estreitar os laços de cooperação com a UnB. 
“A homenagem é justa em função do grande legado de Paulo Freire”, disse a secretária-adjunta de Educação, Maria Luiza Valle. Sobre a semana em si, ressaltou a importância da aproximação da universidade e das escolas que visitam as instalações.  “Esse é um espaço riquíssimo para a troca de experiências. O sonho de muitos alunos da rede pública é estudar aqui”.
A abertura da Semana Universitária também foi marcada por apresentações artísticas. A bateria da escola de samba Acadêmicos da Asa Norte apresentou o samba-enredo levado à avenida em 2011. Ano que vem, a agremiação vai homenagear o cinquentenário da UnB. “Será uma emoção muito grande porque a UnB representa a educação e a cultura. Valores que nós queremos abraçar”, diz o presidente da escola, Robson Farias. No encerramento da cerimônia, o Teatro de Arena foi palco para apresentação da ópera O Empresário, de Mozart. O espetáculo foi concebido no projeto de extensão UnB – Ópera Estúdio, coordenado por Irene Bentley, professora do Departamento de Música. 
A Semana Universitária levará mais de 500 atividades aos quatro campi da UnB e às comunidades que os cercam. Segundo informações do Decanato de Extensão, que coordena a organização do evento, mais de 15 mil inscrições foram feitas para participação em minicursos, palestras, seminários, exposições e apresentação de projetos científicos e culturais.  Confira aqui a programação completa.    
EXPOSIÇÃO – O educador que dá nome à Semana Universitária também está no eixo da exposição multimídia Sonhando com Paulo Freire – a educação que queremos, instalada no Memorial Darcy Ribeiro, o Beijódromo. Com visitação pública liberada, a exposição apresenta painéis, vídeos, livros, músicas, bonecos e esculturas que mostram a trajetória de vida do homem que revolucionou a maneira de pensar a educação. “Ele mudou a pedagogia no mundo combatendo a concepção de que educar é como um processo bancário em que apenas se deposita informação”, explica a cineasta Tânia Quaresma, uma das curadoras da exposição. “Educação é uma troca. Para Paulo Freire, ninguém é tão grande que não possa aprender, nem tão pequeno que não tenha o que ensinar”.
Os visitantes da exposição vão poder participar de círculos de cultura para discutir as linhas de pensamento de Freire. “O nosso trabalho busca projetar os ideais de Paulo Freire e ajudar a repensar a educação no Brasil”, diz Tânia. Segunda ela, a mostra iniciada em Brasília vai percorrer as cinco regiões do país e dará origem a um longa-metragem. “A exposição será um fio condutor do filme, que começa com o público chegando ao Beijódromo”. A intenção da cineasta é apresentar o filme na edição do ano que vem no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.
A obra de Paulo Freire é inspiração para o músico e escritor cearense Costa Senna. Durante a exposição, ele apresenta canções que falam de educação e mostra um livro de cordel que traz um pouco da história de Freire. “Alfabetização como prática de liberdade para que homem e mulher alcancem dignidade. E colham da educação a eterna produção do grão da prosperidade”, traz um dos trechos da publicação. “Mesmo não sendo professor, me considero um educador e sigo as ideais de Paulo Freire”, afirma.
Sonhando com Paulo Freire – a educação que queremos estará aberta, das 8h às 18h, até o dia 23 de outubro. A abertura para convidados está marcada para a noite desta terça-feira e contará com a presença de Anita Freire. O evento é promovido com apoio da Universidade de Brasília e da Secretaria de Cultura do Distrito Federal. Confira mais detalhes no blog da exposição.
www.recriempaulofreire.blogspot.com.
Durante a Semana Universitária, peças da exposição Paulo Freire – Educar para transformar, produzida pelo Instituto Paulo Freire em parceria com o Banco do Brasil e a Petrobras, também estarão expostas no Teatro de Arena. Bicicletas circularão pelo campus com bonecos do educador para convidar o público. 

30 de setembro de 2011

CONFERÊNCIA DISTRITAL DAS CIDADES


Começa neste sábado (1º/10) as conferências Locais da Conferência Distrital das Cidades Extraordinária. As primeiras reuniões acontecem nas cidades de São Sebastião, Paranoá, Itapoã e Jardim Botânico. O debate começa às 8h com término previsto para as 18h. Em São Sebastião a reunião será no Centro Educacional nº 1 – CENTRÃO.


Com o lema “Vamos pensar juntos a sua cidade”, o objetivo da Conferência das Cidades, sob a responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação — Sedhab é abrir espaço de participação da sociedade na formulação das políticas públicas governamentais, que interferem no traçado e na vida da Cidade como um todo, por meio de um debate franco e aberto em que os consensos e divergências serão debatidos de forma democrática.

Entre os assuntos que serão discutidos está a Lei de Uso e Ocupação do Solo — LUOS. Por meio da regulamentação desta lei, serão definidos os locais em que poderão ser construídos, por exemplo, as moradias, o comércio local, as igrejas e as escolas nas cidades. O distanciamento entre as construções e o dimensionamento das calçadas também serão debatidos dentro do Código de Edificações — assunto que também estará em pauta no âmbito das reuniões.

Conferências Locais

Serão realizadas 33 conferências locais: uma em cada cidade do Distrito Federal. Por suas características socioeconômicas serão realizadas duas conferências em Taguatinga, Ceilândia e Samambaia. Antes das conferências locais, as Administrações Regionais poderão realizar reuniões preparatórias, tantas quantas julgarem necessárias.

Para representar a população nas etapas seguintes, serão escolhidos delegados nas conferências locais. A escolha dos delegados respeitará a proporcionalidade definida pelo Ministério das Cidades, conforme disposto no Art. 17 da Resolução nº 10/2009, que aprovou o Regimento da 4ª Conferência Nacional.

Após as etapas nas cidades, serão realizados sete fóruns: um em cada Unidade de Planejamento Territorial (UPT). Sendo concluída com a Conferência Distrital das Cidades Extraordinária, prevista para dezembro.

Como resultado da conferência espera-se encontrar soluções legitimadas pela contribuição da população para os problemas que dificultam a implementação de diversas políticas públicas governamentais que afetam a vida de nossa cidade, o que garante maior responsabilidade social na implantação das ações governamentais que beneficiarão a população elaboradas e implementadas em conjunto.

  PRINCIPAIS PONTOS A SEREM DEBATIDOS

Lei de Uso e Ocupação do Solo - LUOS

A Lei Complementar de Uso e Ocupação do Solo – LUOS constitui um dos instrumentos urbanísticos mais aguardados para regular as categorias de usos e as formas de ocupação dos lotes, ou seja, como e o quanto pode ser construído dentro de cada lote: altura, afastamento e tamanho da edificação. A LUOS estabelece os parâmetros e diretrizes urbanísticas de uso e ocupação do solo.
Definição das poligonais das Regiões Administrativas.

Definição das Poligonais dos parques.

Codigo de Edificações

Difinição da composição e organização dos Conselhos das Unidades de Planejamento Territorial (CUP) e dos Conselhos Locais de Planejamento Territorial e Urbano (CL) para estruturação do Sistema de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Sisplan).

Aprovação e implementação dos diversos instrumentos da política urbana, entre eles o Plano Distrital de Habitação de Interesse Social - Plandhis e diversos fundos e conselhos gestores.
Integração da política urbana no terrirório: política fundiária, mobilidade e acessibilidade urbana, habitação, qualidade de vida, entre outros.

Relação entre os programas governamentais como PAC e Minha Casa, Minha Vida e a política de Desenvolvimento Urbano.

Aplicação do estabelecimento no Estatuto da Cidade no Distrito Federal.

O QUE A CONFERÊNCIA SE PROPÕE SER:
Espaço de diálogos, debate e proposições(deliberações) sobre a política pública de desenvolvimento urbano para o Distrito Federal.

Espaço de eleição de representantes que levam adiante as ideias e propostas aprovadas no âmbito dos foruns locais para o encontro final da Conferência.

Instância convocada e coordenada pelo poder executivo.

Mapeamento dos problemas - consensos e divergências em relação aos problemas das cidades.

O QUE A CONFERÊNCIA NÃO PRETENDE SER:
Espaço de deliberações sobre reinvindicações corporativas. O debate deve ser focado em prol do coletivo.

Ambiente para denuncismos individuais e práticas de cunho político-ideológico, ainda que essas manifestações sejam legítimas e legais.

Instância para aprovação de programas macro, uma vez que existem programas governamentais que cumprem este papel. A ideia é, com base no debate, transformar anseios em propostas claras, estas, sim, aprovadas e priorizadas pelo governo.

Espaço anárquico e isento de regras. Haverá um regimento interno com regras, prazos e orientações para a realização dos trabalhos nos fóruns e na Conferência.

Espaço para debates acadêmicos apesar de pressupor a importância da participação de especialistas na orientação dos trabalhos. Cabe apenas informar que, ao contrário de um congresso acadêmico, o escopo está mais voltado à formulação de políticas públicas a partir de um diálogo social entre diferentes segmentos - com visões, percepções e demandas diferenciadas acerca dos mesmos temas.

 Fonte:
http://www.saosebastiao.df.gov.br/
 

27 de setembro de 2011

Diretoria Regional de Ensino de Samambaia realiza evento de inclusão social

Com o lema “A inclusão começa no coração: plante essa ideia”, professores e gestores da Coordenação Intermediária do Ensino Especial, Sala de Recursos, EJA Interventivo e Classe Especial da Diretoria Regional de Samambaia, além de pais de alunos, comemoraram, na última terça-feira (20), o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, no auditório do SEST/SENAT, Samambaia Sul-DF.
O evento teve como objetivo integrar os diversos segmentos que compõem a Educação Especial na rede pública de Samambaia, visando a socialização das ações pedagógicas desenvolvidas no âmbito artístico e cultural.

A comemoração promoveu um dia de lazer para vivenciar e compartilhar novas experiências entre alunos, professores e pais e, assim, contribuir para o desenvolvimento da consciência coletiva e da valorização da vida. Para tanto, o encontro se propôs a reafirmar e fortalecer a consciência de que todas as pessoas com deficiência têm direito assegurado de acesso ao ensino fundamental inclusivo, de qualidade e gratuito, em igualdade de condições com as demais pessoas da comunidade.
O encontro contou com apresentações teatrais e musicais de alunos, brincadeiras, recital de poesias, depoimentos, estandes com exposições de trabalhos artesanais feitos a partir de objetos reciclados, além da mostra de pinturas e maquetes.
A professora e coordenadora de Ensino Especial, Vera Alice, agradeceu aos colegas e à equipe pedagógica da DRE de Samambaia pelo empenho na organização do evento. Na ocasião, agradeceu também aos patrocinadores, entre eles a deputada federal Erika Kokay (PT-DF). Os apoiadores colaboraram com a doação de camisetas, brinquedos diversos e lanche (pipoca, cachorro quente, suco etc.).
"Esse evento só foi possível porque tivemos o amplo apoio do corpo docente, que não mediu esforços, e dos nossos patrocinadores, que abraçaram com firmeza essa causa, em especial a deputada Erika, que sempre esteve conosco na luta pela inclusão de alunos especiais", destacou a coordenadora.
A programação do Dia Nacional de Luta da Pessoa Com Deficiência foi repleta de apresentações artísticas e culturais durante toda a semana, além de palestras que objetivaram trabalhar pedagogicamente a importância da construção de uma educação inclusiva tanto no meio escolar quanto nos demais ambientes sociais. O evento aconteceu do dia 21 ao dia 23, nos turnos matutino e vespertino das escolas de Samambaia-DF.

Depoimentos
Neste depoimento, a professora Beatriz Goulart fala da importância da Semana da Inclusão para a sociedade.




A Professora e Diretora Regional de Ensino de Samambaia, Terezinha Barbosa,  enaltece o trabalho em equipe dos professores e coordenadores para a realização do evento de inclusão.





Professora Vera Alice: "Este é um evento para superarmos os nossos limites".




Texto e vídeos por Francisco Neri

21 de setembro de 2011

Projeto Quilombola e Conjuntura Política são debatidos no CEPSS

Em reunião realizada no último sábado (17), CEPSS apresentou projeto à SEPPIR e discutiu Conjuntura Política, com o Presidente da Câmara Legislativa, Deputado Cabo Patrício, e o Secretário de Administração do GDF, Wilmar Lacerda.

Nesse sábado (17), participaram de reunião realizada na parte da manhã no Centro de Educação Popular de São Sebastião, a Secretária Nacional de Combate ao Racismo, Cida Abreu, e a Secretária de Políticas para Comunidades Tradicionais, da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Ivonete Carvalho.

Estiveram presentes Marlene Soares, presidente do CEPSS, a ex-presidente da entidade Silvânia Gomes Temóteo, membros e colaboradores, entre outros.

Entre os pontos da pauta, estava a visita às instalações do CEPSS bem como o conhecimento das ações e trabalhos que a entidade desenvolve em São Sebastião com enfoque nas temáticas étnicorracial, cultural e educacional.


Na ocasião, foi apresentado à Secretária da SEPPIR um projeto que a ONG pretende desenvolver junto aos moradores do quilombo Mesquita, Comunidade Tradicional localizada a 60 km de Brasília. “O projeto é fruto de uma experiência que educadores e alunos do CEPSS vivenciaram no final de 2010, quando então desenvolvíamos o Projeto Afoxé.

Ao final deste, tivemos a oportunidade de visitar in loco uma Comunidade Tradicional, que foi a comunidade do Mesquita-GO. Realizamos um intercâmbio cultural, mostrando aos moradores locais um pouco das nossas ações e, em troca, pudemos mergulhar na história viva e encantada dos formadores do quilombo e suas tradições”, explica o coordenador/colaborador Francisco Neri.

Segundo Neri, o objetivo maior do projeto é trabalhar na formação de jovens quilombolas para atuarem no resgate, na valorização e na preservação do legado histórico-cultural afro-brasileiro, a partir de ações que promovam a sustentabilidade econômica, cultural e ambiental dessa população. "Aconteceram avanços significativos no reconhecimento e concessão de direitos especiais aos povos descendentes de quilombolas, a exemplo do direito de uso e posse da terra, o direito de ser diferente, igual e protegido pelo Estado brasileiro, todavia muito ainda precisa ser feito no sentido de reparar injustiças cometidas contra afrodescendentes ao largo da História", relembrou.

Para tanto, o projeto pretende capacitar 360 (trezentas e sessenta) pessoas quilombolas – de 12 a 24 anos que se consideram ou não afrodescendentes e que sejam de baixo poder aquisitivo, nas oficinas de Percussão, pintura mural, Literatura, fotografia, Teatro, Penteados Afro-Brasileiros, Culinária Afro-Brasileira, Corte e Costura e pintura em argila.

Ivonete Carvalho destacou a importância da iniciativa, pois, segundo ela, precisamos conhecer as Comunidades Tradicionais, tendo em vista que elas são praticamente o único reduto das tradições e da história viva da africanidade e da afrobrasilidade entre nós. “O quilombo é o local onde ainda é possível encontrarmos traços originais do legado da história e da cultura negra no Brasil”, ressaltou.

Em suas considerações sobre o projeto proposto pela entidade, Carvalho assinalou que o mesmo está dentro das diretrizes da SEPPIR, porém precisa prever ações de contrapartida entre a entidade proponente e o público a ser abrangido, além de estabelecer as etapas de cada ação na parte da metodologia empregada. “Entendemos que um projeto como tal deve traduzir-se numa rica troca de experiências, saberes e fazeres. Por isso, é fundamental que se explicite qual será de fato essa troca, seja ela por meio de intercâmbios diversos, seja ela pela realização de ações que ocorram fora do eixo onde é desenvolvido o projeto, por exemplo.

Outro dado relevante a ser levado em consideração pelo projeto, conforme analisou Carvalho, é a historicidade do local onde será desenvolvido. “É importante que se resgate os costumes, as manifestações culturais e religiosas que eram próprias daquela comunidade no passado como forma de avivar nas presentes gerações o sentimento de pertencimento e de valorização do legado”, salientou.Por fim, as secretárias elogiaram a iniciativa da entidade e se colocaram à disposição para apoiarem no processo de reformulação e viabilização do mesmo junto à SEPPIR.

Conjuntura Política no DF

No mesmo dia, se reuniram no CEPSS para discutirem projetos da Câmara Legislativa do Distrito Federal, o Presidente da CLDF, deputado Distrital Cabo Patrício, e o Secretário de Administração do Governo do Distrito Federal, Wilmar Lacerda.

O grupo recebeu o deputado e o secretário e falou sobre o ciclo de palestra que será organizado na entidade para debater assuntos importantes para a comunidade, como Direitos Humanos, Políticas Públicas para a juventude e cultura, entre outros.

Patrício ressaltou a importância da iniciativa. “É fundamental que em todas as cidades tenham propostas como essas para melhorar a vida do cidadão”, destacou.

Posteriormente, o parlamentar desmentiu os boatos que rondam o Palácio do Buriti sobre a existência de vídeos que a princípio envolveriam o governador e outras autoridades em supostos atos de corrupção.

Também fez uma retrospectiva dos projetos que já foram apreciados pela Câmara Legislativa do DF. “Nesses meses, foram aprovados projetos importantes para a população”, lembrou. No encontro, ele citou o Pacote da Saúde, onde será possível a contratação de 5,8 mil servidores em 2011, 3 mil em 2012 e 2,4 mil em 2013; o empréstimo de 55 milhões de dólares com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para execução de obras de infraestrutura e urbanização, como calçadas, iluminação pública, asfalto e esgoto; o Plano Diretor de Transporte Urbano, que é o norteador do sistema de transporte do DF; e outros.

Wilmar Lacerda fez uma análise dos primeiros meses do Governo Agnelo e ressaltou os esforços que estão sendo empreendidos pela equipe do governo para “colocar ordem na casa”. “O nosso governador está, pouco a pouco, organizando o Estado, a começar pela saúde, pela educação e a segurança”, disse.Destacando em especial as ações governamentais na área da saúde, Lacerda adiantou que a população não terá mais o incômodo de não encontrar remédios de primeira necessidade nos hospitais. “O GDF ganhou facilidades jurídicas para a compra de material e de remédios”, informou.

Para o Secretário, um ano de governo é indiscutivelmente insuficiente para avaliar de forma crítica as ações até aqui implementadas. Por fim, o secretário ressaltou a importância de haver mais reuniões como tal para se discutir com a comunidade e a militância as ações políticas no âmbito do Distrito Federal e das Cidades-Satélites. 

Convite: Concerto de Primavera na Promovida

Prezados,

É com prazer e satisfação que convidamos os parceiros e amigos para prestigiarem o evento Concerto de Primavera que será realizado hoje (21/09), às 20 horas, na Promovida (Rua do Caic, 470, Bairro Centro, São Sebastião-DF).

Na oportunidade, os alunos das oficinas de música farão apresentações culturais e contaremos ainda com a performance do Balé Garatuja.

Confirmaram presença autoridades e lideranças locais, e também contamos com sua a indispensável presença.

Atenciosamente,

Zilmar Sousa
 

19 de setembro de 2011

Semana Universitária da UnB tem como tema o nascimento de Paulo Freire

Por oito dias, a UnB estará de portas abertas à cidade. Começa no dia 1º de outubro a Semana Universitária, com o objetivo de mostrar ao público externo o que se produz em termos de conhecimento e tecnologia na universidade.

O evento, que se estende até o dia 8, conta com mais de 500 atividades distribuídas entre os quatro campi. “Precisamos colocar na cabeça dos jovens que entrar na UnB pode ser um sonho real”, diz o decano de Extensão, Oviromar Flores.

O tema da Semana Universitária são os 90 anos do nascimento de Paulo Freire. O educador estará presente na mesa de abertura, numa exposição, quatro conferências e duas mesas-redondas.

O ex-professor da UnB Venício A. de Lima lançará o livro Comunicação e Cultura: as idéias de Paulo Freire. Haverá também um “Círculo de Cultura”, encontro idealizado por Freire para discutir a educação. O educador, criador da Pedagogia do Oprimido, morto em 1997, será homenageado com seu 28º título de doutor honoris causa, desta vez pela UnB.

“Dentro do calendário acadêmico, este é um momento fundamental de abertura da UnB para a comunidade”, explica Oviromar Flores, falando sobre a Semana Universitária. “Acima de tudo, é uma época de prestação de contas”, afirma o professor. Para ele, um dos aspectos mais interessantes do evento é mostrar para os alunos da rede pública o que é a UnB e como ingressar na universidade é possível.

O DEX fez um convênio com as Secretarias de Educação e Cultura do Distrito Federal para disponibilizar ônibus às escolas públicas localizadas fora do Plano Piloto. Para os alunos, foram programados uma mostra de vídeo e um tour científico, que inclui visitas aos museus de Anatomia, de Geociências e à seção de Obras Raras da Biblioteca Central da UnB.

Os eventos vão desde palestras, seminários e oficinas, até exposições, exibição de cinema e espetáculos de teatro.

As inscrições para a Semana Universitária podem ser feitas a partir do dia 19 de setembro no site http://www.semanauniversitaria.unb.br/.

Para saber mais, acesse a página do Facebook www.facebook.com/SemanaUniversitaria e o twitter http://twitter.com/Semana_UnB.

16 de setembro de 2011

Liberado acesso gratuito à internet na região central de Brasília

O Governo do Distrito Federal colocou à disposição da população o serviço público gratuito de internet na região central de Brasília, nesta sexta-feira (16/9). Com o benefício, os brasilienses poderão a partir de agora se conectar de graça em locais públicos como o Parque da Cidade, a Rodoviária do Plano Piloto e o Estádio Nacional de Brasília.

De acordo com o secretário de Ciência e Tecnologia, Gastão Ramos, quem estiver hoje nos shows no Estádio Nacional em comemoração aos mil dias para a Copa de 2014 já poderá ter acesso à rede. A internet pública oferecida pelo GDF, inicialmente com velocidade de 2 megabytes por acesso, pode ser utilizada por qualquer aparelho tecnológico compatível com rede wi-fi (notebook, celulares, smartphone ou tablets), mas para acesso exclusivo a sites, não sendo autorizado o serviço de "downloads".

De acordo com Gastão Ramos, o novo projeto é uma iniciativa do governador Agnelo Queiroz e já está com projetos concluídos para ser aplicado em outras cidades do Distrito Federal. "Por enquanto estamos fazendo um projeto piloto na região central de Brasília, mas em breve a internet será levada a todas as regiões do DF", garantiu o secretário. O prazo estimado é de 18 a 24 meses para o acesso chegar às áreas urbanas e rurais do DF.

O modelo de internet disponibilizado pelo GDF não abrange residências e espaços privados. Segundo Ramos, esses ambientes são de competência do governo federal, através do Programa Nacional de Banda Larga já inaugurado, que disponibiliza internet a R$ 35.

Segundo o secretário, o serviço ainda não gerou gastos ao governo porque toda a estrutura empregada até o momento já havia sido montada pela Telecomunicações Brasileiras (Telebras) e pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). Com a expansão do serviço, estima-se que empresas sejam contratadas, gerando um custo aos cofres do GDF de R$ 80 milhões. "O valor total deve ficar abaixo do estimado, porque nós conseguimos aproveitar essa estrutura já existente", comenta.

Para o secretário, o acesso a internet é um direito de todos e representa um avanço social na busca do que chama de cidadania e civilidade. "Através do acesso à internet, agora fica mais fácil para qualquer um se matricular nas escolas da rede pública, marcar uma consulta nos hospitais, ter acesso aos documentos da Secretaria da Fazenda, por exemplo", conclui.

14 de setembro de 2011

Sociedade civil precisa se mobilizar por Educação de qualidade para todos

Essa mensagem foi a tônica da abertura do Congresso Internacional "Educação: uma Agenda Urgente", que teve início ontem (13) e acontecerá até sexta (16).

 

Da Redação do Todos Pela Educação, em Brasília
Alexandre Ondir/TPE

A Educação é um assunto de todos: das famílias, dos alunos, dos professores, dos gestores, dos pesquisadores. A mobilização da sociedade civil por Educação de qualidade é, portanto, fundamental para que o País consiga avançar na garantia desse direito a todas as crianças e jovens. Essa foi a mensagem que deu o tom da abertura do Congresso Internacional “Educação: uma Agenda Urgente”, na manhã desta terça-feira (13).

O evento contou com a presença do ministro da Educação, Fernando Haddad, e da ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, entre outras autoridades, parlamentares e especialistas.

“A Educação é um instrumento de libertação dos indivíduos. É fator chave para o desenvolvimento sustentável de uma nação”, afirmou o presidente do Conselho de Governança do Todos Pela Educação, Jorge Gerdau Johannpeter. Para ele, deve haver uma sinergia entre os esforços dos governos, dos educadores, dos gestores e da sociedade civil, como um todo. “Educação realmente é um tema de todos. Se não houver um movimento de todos, não venceremos essa batalha. É um problema de consciência social e até mesmo de ética”, disse.

Haddad também enfatizou a importância de a mobilização pela Educação de qualidade ocorrer por todo o País. “A Educação é um assunto da família, da juventude, de cada um. Se não houver esse esforço, os resultados dificilmente virão”, apontou. “Temos feito a nossa parte. Convocamos quatro conferências de Educação. E é preciso mobilização permanente, que começa no conselho escolar, vai ao Conselho Nacional de Educação e toma o País. É preciso que essa cultura esteja presente na vida do cidadão comum. E a maior tarefa que temos hoje é disseminar essa cultura.”

Educação é um direito humano

A Educação de qualidade é um direito humano, de acordo com a ministra Maria do Rosário. “A agenda de direitos humanos no Brasil é grande, e tem na sua centralidade a Educação. A Educação é o direito humano que abre as portas, oferece a chave para todos os demais direitos”, apontou.
A ministra argumentou que, ao longo dos últimos períodos, os avanços da Educação, são fruto da vontade política e da mobilização da sociedade. “A Educação passou a ter perspectiva sistêmica. E a agenda da qualidade é a do momento atual”.

No entanto, segundo Gerdau, falta muito a conquistar, uma vez que 3,7 milhões de crianças e jovens de 4 a 17 anos ainda estão fora da escola e que apenas 11% dos jovens terminam o Ensino Médio com o aprendizado adequado em matemática, e 29% em português.

Mais dias letivos
Para a melhoria do aprendizado, Haddad afirmou que o ministério vem estudando a viabilidade de aumentar o número de dias letivos de 200 para 220. A medida depende do apoio dos secretários de Educação dos estados e municípios. “Apesar de todos os avanços, ainda há muita coisa a fazer. Portanto, mãos à obra”, encerrou a cerimônia o jornalista Heródoto Barbeiro.

Sobre o Congresso
O movimento Todos Pela Educação, em parceria com instituições nacionais e internacionais, promove, até sexta-feira (16), o Congresso Internacional “Educação: uma Agenda Urgente”. O encontro pretende abordar diferentes temas fundamentais para acelerar a melhoria do aprendizado dos alunos e da Educação Básica no País.

Serão debatidos os temas: carreira docente, formação inicial do professor, regime de colaboração entre os entes federados, uso das avaliações nas práticas de sala de aula e na gestão educacional, definição das expectativas de aprendizagem, Educação integral, equidade e inclusão, e justiça pela qualidade da Educação. No último dia, em uma sessão especial, o evento congregará movimentos de 13 países da América Latina que, assim como o Todos Pela Educação, se articulam para melhorar a Educação em seus países.

O Congresso Internacional “Educação: uma Agenda Urgente” conta com o apoio institucional do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) e do Grupo de Institutos Fundações e Empresas (Gife); com o patrocínio do BID, Fundação Educar DPaschoal, Fundação Itaú Social, Instituto Gerdau, do Itaú BBA e do Instituto Natura; e com o apoio da Agência Tudo, Canal Futura, CNE, Confederação Nacional da Indústria (CNI) e DM9DDB.