Semana Universitária homenageia Paulo Freire

O exemplo do educador que criou uma metodologia revolucionária para a alfabetização de adultos e insistiu na educação como forma de luta pela liberdade vai guiar a XI Semana Universitária, que ocorre de 1º a 8 de outubro na UnB. Com o tema “90 anos de Paulo Freire: um marco para a reflexão sobre os rumos da Universidade Brasileira”, o evento irá promover atividades que valorizem a educação e o legado do pedagogo. “Refletindo as aspirações de Paulo Freire, esta semana ilumina o destino da universidade como uma instituição emancipadora”, destacou o reitor José Geraldo de Sousa Junior em cerimônia de lançamento do evento, na última segunda-feira (10). Acompanhe a íntegra a seguir.



UnB apresentará atividades de ensino, pesquisa e extensão para a comunidade durante oito dias


Francisco Brasileiro - Da Secretaria de Comunicação da UnB

O exemplo do educador que criou metodologia revolucionária para alfabetização de adultos e insistiu na educação como forma de luta pela liberdade vai guiar a XI Semana Universitária, que ocorre de 1º a 8 de outubro na UnB. Com o tema “90 anos de Paulo Freire: um marco para a reflexão sobre os rumos da Universidade Brasileira”, o evento vai promover atividades que valorizem a educação e o legado do pedagogo. “Refletindo as aspirações de Paulo Freire, esta semana ilumina o destino da universidade como uma instituição emancipadora”, destacou o reitor José Geraldo de Sousa Junior em cerimônia de lançamento do evento, nesta segunda-feira.

A abertura contou com a participação dos secretários do GDF, Regina Vinhaes, de Educação, e Hamilton Silva, de Cultura, além do superintendente de desenvolvimento do Centro-Oeste, Marcelo Dourado. O professor Cristiano Muniz, vice-diretor da Faculdade de Educação, relembrou palavras de Paulo Freire em homenagem recebida em Ceilândia, no centro educacional que hoje leva seu nome. “Ninguém educa ninguém, nem a si mesmo, a educação é obra do grupo”, destacou o educador pernambucano na ocasião. “Paulo Freire continua vivo no objetivo de concretizar uma universidade verdadeiramente envolvida em ensino, pesquisa e extensão”, afirmou o professor.

A Semana Universitária ocorre todo ano e apresenta à comunidade, por meio de atividades gratuitas, o que a UnB produz em pesquisa, ensino e extensão. “Além dos resultados dos projetos referentes a atuação da UnB junto à comunidade, o evento vai reunir um pouco de tudo que é feito no meio acadêmico e envolverá todos os decanatos”, resumiu o decano de Extensão, Oviromar Flores.

Entre as atividades da semana, haverá uma mostra dos cursos de graduação da UnB para os estudantes do ensino médio, organizada pelo Decanato de Ensino de Graduação (DEG). Já o Decanato de Assuntos Comunitários (DAC) planeja atividades culturais, como o Festival Universitário de Música Candanga (Finca) e peças de teatro do projeto Tubo de Ensaios. O Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) vai promover palestras sobre pós-graduação e o de Gestão de Pessoas (DGP) divulgará programas para qualidade de vida de funcionários, professores e alunos da universidade.

Durante a cerimônia de abertura, foi lançado um edital que prevê atividades propostas por servidores, professores, pesquisadores e colaboradores. As inscrições abrem nesta terça-feira, 12 de julho, e vão até 5 de agosto. “A temática é livre, mas nós estimulamos projetos que explorem a metodologia e o legado de Paulo Freire”, afirma a diretora técnica de Extensão, Eliane Santos. A programação completa do evento estará disponível a partir do dia 15 de setembro, no
site da Semana Universitária.





Comentários